Projetos que surgem das crianças

Nossas fotos não são publicitárias, são da escola de verdade!

Na Baby House as crianças efetivamente se envolvem e se apropriam dos conhecimentos. Muito disso se deve ao fato de que as investigação são definidas por elas. Sim, mais importante que uma lista de conteúdos são as experiências vivenciadas pela crianças. E o engajamento da criança ou estudante se dá quando estas experiências e conteúdos partem de seus interesses e curiosidades.

As crianças maiores, principalmente a partir dos trẽs anos, já conseguem expressar verbalmente suas perguntas. Nos caso dos menores, inclusive dos bebês, suas curiosidades e interesses são identificados a partir do que demonstram pelo seu movimento, seu olhar, sua atenção, sua emoção.

Estes elementos, compartilhados com os amigos da turma, se traduzem em hipóteses de investigação e daí em atividades variadas e transdisciplinares, envolvendo arte, ciência, raciocínio, comunicação e socialização. Sim: amigos. Porque esta troca positiva vai dar frutos num ambiente de afeto, de amizade, de confiança, de cooperação entre todos. O desenvolvimento de valores e o aprendizado andam juntos na Baby House!

Nossas fotos não são publicitárias, são da escola de verdade!

Para conhecer mais sobre as perguntas das crianças e os projetos na Baby House, visite o site inventacao.com. Ali você poderá encontrar alguns vídeos autênticos sobre as pesquisas que se desencadeiam a partir da escuta das curiosidades das crianças.


Siga acompanhando:

Ir para o site externo sobre os projetos que surgem das perguntas das crianças

Seguir para o trabalho nos níveis de Berçário e Minimaternal (0 a 2 anos de idade)

Voltar para a capa